Diretoria do ECPP visita projeto social Raízes do Sertão

A diretoria do ECPP-VC, juntamente com os atletas Tatu e Neto e os atletas da equipe sub 20 Mateus e Marcos, visitaram no último final de semana o Projeto Social Raízes do Sertão. A visita foi no intuito de incentivar as crianças e adolescentes, a continuarem a prática esportiva, aliada aos estudos e de fortalecer aos idealizadores do projeto, que continuem com trabalho, que é muito importante para a comunidade local.

O projeto

Com o objetivo de incentivar a prática do futebol, da capoeira e do vôlei de areia como mecanismo de saúde, socialização e desenvolvimento educacional de crianças e adolescentes, a Comunidade Quilombola de Riacho de Teófilo por meio de seus representantes cria-se na data de 10 de janeiro 2017 a Escolinha Comunitária de Futebol Raízes do Sertão.

O nome foi escolhido mediante enquete nas redes sociais e também por intermédio de colaboradores, uma vez que o nome faz alusão a duas questões importantes dentro da realidade da comunidade, sendo que RAÌZES no sentido das pessoas que mesmo enfrentando as dificuldades impostas pela vida na caatinga, consegue fincar suas raízes nessa terra e dissemina assim a cultura, a arte, o trabalho e o exemplo de vida como pessoas que mesmo com as dificuldades enfrentadas no dia-a-dia, sempre consegue dar a volta por cima.

Já o termo SERTÃO faz menção a localização em que encontra a comunidade, pertencente ao município da cidade de Vitória da Conquista – BA. Sendo que no próprio hino do município enaltece e valoriza o fato de fazer parte sertão baiano. Essa palavra também é uma forma de deixar claro as crianças e adolescentes participantes da escolinha, a real importância de exaltar o fato de fazer parte dessa região que mesmo carente, tem em seus princípios e busca constante de seu povo por uma vida digna.

O projeto Raízes do Sertão tem uma abrangência atual de em média 120 crianças, adolescentes e adultos. Destacando que é um projeto não-governamental e funciona por meio de doações e voluntariado.
As atividades acontecem todo sábado e domingo, desenvolvidas de maneira lúdica e que enfatiza valores intrínsecos a formação cidadã.

O material utilizado nas diversas atividades são frutos de doações, uma vez que não é cobrado nenhum valor aos participantes e também os familiares.