ECPP anuncia projeto de leitura para categoria de base em parceria com professor Mozart Tanajura

O ECPPVC começou a sua história em 2001 com um trabalho voltado para a inclusão social, objetivando o preparo de futuros atletas para um clube profissional. Ainda nos dias atuais, depois de consolidado como um clube da Primeira Divisão do Campeonato Baiano, o presidente Ederlane Amorim, acredita que o retorno dessas ações é a formação de cidadãos comprometidos com o mundo ao seu redor.

Para 2020, foi realizada uma parceria com o professor Mozart Tanajura que realizará o projeto, voluntário, de leitura e produção textual junto aos atletas do ECPP.

Com o nome: Com um Livro nas Mãos e a Bola nos Pés: formação de atletas cidadãos no ECPPVC, a princípio, o professor Mozart Tanajura apresentará aos atletas do Sub20, algumas obras, com títulos importantes, tanto nacionais como estrangeiras. Os atletas terão um tempo para ler e em seguida acontecerá uma roda de conversa, onde as obras serão discutidas e compartilhadas. O próximo passo será a produção textual onde eles deverão construir textos a partir de uma temática sugerida.

O professor afirmou que “a leitura é um mecanismo interessante para uma boa formação intelectual, mas também humana. Quem lê se liberta e não teme um novo amanhã, pois consegue construir o seu futuro já no presente. Por isso, o Projeto Com um Livro nas Mãos e uma Bola nos Pés tem por objetivo essencial proporcionar aos jovens atletas uma experiência de leitura pessoal de algum livro que possa dar-lhe motivação e abrir a potencialidade que existe dentro de cada um deles.

“Esse projeto foi construído exclusivamente para atender ao ecppvc, devido à peculiaridade do público alvo que são os atletas em formação. Evidentemente o projeto traz em si algumas experiências de outros que foram desenvolvidos ao longo de minha carreira docente. A primeira obra escolhida é O Pequeno Príncipe de Saint Exupery, Um clássico da literatura universal que nos propicia criar sonhos e ideais para dar um sentido nobre à nossa existência humana no mundo, além de permitir enxergar o que há de essencial em cada ação que praticamos e em nossa própria vida. Aos poucos estenderemos este projeto às demais etapas da base do ECPP VC.” Esclareceu o professor Mozart.
Texto e fotos: Luciana Flores